"A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original."
(Albert Einstein)

27 de mar de 2011

coração partido...desestruturado...manchado...lacrado.
metade pedra, metade gelo
chora, grita e reprime a dor
quer libertar-se
quer mudar
quer sonhar
quer viver
mas chora,
mas morre aos poucos,
mas sofre,
e junta tudo para si.
não conversa
não expande
não fala
foge
corre
não quer estar perto
não quer se envolver
tem medos
paredes grossas e altas
barreiras
aflições
dúvidas
o coração partido...despedaçado
cansado de tudo
cansado de todos
cheio de remendas
cortes
cicatrizes
marcas
coração louco
que não pensa
não raciocina
que age impulsivamente
instintivamente
e que quer a todo custo juntas todos os pedacinhos
e tentar na medida do possível
cantar.
I
sonhar
sentir-se bem
acreditar
crescer
produzir
enriquecer o espírito e a alma
ser feliz
e sonhar.
sonhar os sonhos que a gente tem.
acreditar nos sonhos que a gente tem.
ir atrás dos sonhos que a gente tem.
metas
realizações
e canções.
canções de amor.
canções de dor.
e por fim, viver intesamente.


II
olhar o céu e ver as nuvens caminhando
olhar o céu e ver a lua e as estrelas brilhando
olhar a vida e ver as cores do arco-íris
sentir o vento
admirar
passar horas lendo luvros
alimentando a alma
alimentando o coração
alimentando a vida.