"A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original."
(Albert Einstein)

31 de dez de 2013

E, nos classificados da vida:
"Vende-se carisma"
"Compra-se alegria"
"Troca-se amizade"
"Compartilham-se risos"

E bem no cantinho, quase escondido:
"Procura-se amor".

15 de nov de 2013

Era uma tarde simples de verão.
Ela e os amigos estavam admirando o lindo o céu azul e as nuvens brancas, amarelas e cinzas.
- Olha, que pássaro lindo! – disse ela.
- Pássaro, que pássaro?
- Aquele ali, voando...
- Qual? Aquele?!
- Sim! Aquele com as assas bonitas!
- Ah sim, aquilo é um urubu.

23 de set de 2013

é tempo!
recomeço
uma releitura de mim mesma
fragmentos de um dia de sol
lágrimas de um dia de chuva
um suspiro
enfim o dia esperado.
só quero dizer que amo todos vocês e agradecer por toda a ajuda e por estarem sempre comigo.
é esse o discurso
são essas as palavras a serem ditas nestes momentos.
só que ela não fez.
e mais uma vez sua mãe acordou com mais uma ruga nos olhos.
o que essa menina tem na cabeça?
foram suas últimas palavras do dia.
é, é tempo!

6 de set de 2013

quando o dia amanhecer
e a luz invadir a janela do seu quarto
nós estaremos aqui.
a felicidade estará aqui.
naqueles primeiros dias de setembro
ninguém imaginava que a primavera seria tão intensa
tão cheio de brilho, cores e aromas
quem diria que a primavera traria tanta felicidade no coração
a felicidade,
um sentimento intenso
que acolhe e aquece
que ilumina e resplandece
e transforma o ambiente.
ou seria isso amor?
não importa...
pode ser até os dois.
o importante é a paz que sinto nesses momentos
é o calor que invade o quarto e nossos coração
e a alegria de estar aqui.
de viver.
e ser livre.

3 de ago de 2013

e um dia ela abriu a janela e o sol brilhava do lado de fora
flores na janela
pássaros cantando
crianças brincando
um dia normal
a felicidade a pulsar
o sorriso a cantar
e raios de luz a iluminar.
bom, talvez não fosse bem assim,
nessa realidade dura
e nesses dias cinzas..
mas, era assim que o coração dela acordava todos os dias.

29 de jun de 2013

e quantas coisas a gente tem para dizer...
dizer um ao outro...
dizer a nós mesmos...
e quantas coisas a gente tem para pensar..
pensar em nós..
e quantas coisas a gente tem para sentir..
sentir em mim..
sentir em nós...
e quanta coragem ainda nos resta de largar tudo e começar..
ou melhor, de recomeçar..
é tanta coisa que eu já nem sei.
queria tanta coisa que hoje não quero mais...
e mais um dia inicia
e eu só olho para o céu azul e penso: "que seja feita a tua vontade". 


24 de fev de 2013

sei que os dias vem
se que os dias vão
algumas coisas ficam
outras se vão
mas tudo eu levo no meu coração.
o que levo?
são as coisas boas.
as lembranças boas...
as coisas ruins?
eu deixo de lado...
prefiro levar só o aprendizado.
e sentir nos meus dias mais paz.

13 de fev de 2013

e quando tudo gira a sua volta parecendo um redemoinho
e quando tudo grita
e quando tudo chora
e quando tudo sorri
e quando tudo morna
e quando tudo reza
e quando tudo ama
eu continuo espiritualmente assim...
sentada num banquinho com o meu violão..
literalmente bossa nova.

25 de jan de 2013

há muito ainda o que aprender.
há muito ainda o que caminhar.
os passos são pequenos, mas todos têm seu valor e importância.
nada acontece antes do tempo
e nada acontece por acaso.
o que nós ainda precisamos entender,
é que o nosso tempo não é o igual o tempo dEle
e que Ele sabe o que faz.
um dia todos nós estaremos juntos
e junto conosco estará o amor
o mais sublime sentimento...
a nos governar
e motivar e sermos sempre melhores.

16 de jan de 2013

o tempo faz isso com a gente
a vida faz isso com a gente
novos rumos
novas escolhas
novos projetos
mudanças.
um novo sorriso
uma nova caminhada
novos desafios
e mais e mais aprendizados
talvez a vida seja isso mesmo
essa roda gigante que gira gira gira
volta, pára, recomeça...
e que faz a gente de bobo
sim, bobos.
somos todos bobos.
porque apesar de tudo...
continuamos girando.

2 de jan de 2013

há muitas coisas entre o céu e a terra que eu não sei.
há muitos coisas no além e no infinito que eu não sei.
há muita coisa entre vida e a morte que eu não sei...
há tantas que eu não sei..
e ainda mais coisas que eu nem imagino que existam.
mas querido...
nunca duvide de nós dois.
nunca.