"A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original."
(Albert Einstein)

28 de jan de 2009

Um dia talvez todos nós nos separaremos e sentiremos saudades. Cada um segue o seu destino, o seu caminho, tomamos rumos diferentes. E ao mesmo tempo que algumas pessoas vão ficando para trás, distantes, novas e maravilhosas pessoas aparecem em nossas vidas. Aprendemos mais, crescemos, porém a lembrança e a saudade dos velhos tempos persistem em nossa memória, em nosso espírito. Saudades dos velhos amigos, das brincadeiras, das conversas (ah! como me fazem falta essas conversas), de como nós éramos inocentes! Pensavamos somente em nos divertir e curtir o máximo. Não tinhamos preocupações, exigências, dveres, era só festa. Brincávamos o dia inteiro e se deixassem, a noite intera também. Sinto saudades desse tempo. Não mudaria nada do que eu fiz. Queria voltar e viver tudo exatamente igual, porém intenso. Como eu era feeeeliz e não sabia! Tinha e tenho amigos preciosos, verdadeiros e que amo muito! Agradeço a Deus por um dia ter encontrado vocês e ter vivido momentos maravilhosos. Cada lembrança que tenho de vocês amigos são preciosas, são eternas. Enchem meu coração de alegria, amor e fé. Fé de que um dia talvez possamos nos reencontrar, lembrar e viver juntos. Obrigada por vocês existirem e de fazerem minha vida mais colorida. Amo cada uma de vocês do jeito que são, não se esqueçam disso!! Quero-os muito bem. Mesmo seguindo caminhos diferentes, e talvez nem se falando mais, eu lembro de vocês...com um aperto no peito e uma vontade imensa de correr para perto de vocês...eu lembro de vocês com um carinho enorme e desejo sinceramente que sejam felizes. Eu fui e sou muito feliz ao lado de vocês. Nem a distância nem o tempo apagarão as lembranças maravilhosas que tive com vocês. Obrigada por tudo!!

18 de jan de 2009

Algumas pessoas sempre me dizem que precisam disso ou daquilo para aí sim serem felizes. Somente quando saírem da cidade vão ser felizes, somente quando ganhar um carro, tiver uma casa, estiverem aposentados, quando conseguissem alguma coisa que no momento não possuem. Mas, eu me pergunto: "e quando isso chegar, será que a felicidade virá junto? será que essas coisas trazem a felicidade? do que depende a nossa felicidade? do que você necessita para ser feliz?". A verdade é que enquanto ficamos esperando por essas coisas que para nós nos trazem a felicidade, deixamos e viver, deixamos de sorrir, deixamos de semear coisas boas, deixamos a felicidade (a tão sonhada felicidade) chegar. Ela passa perto, muito perto, mas se afasta. A felicidade só depende de nós, dos nossos atos, da nossa auto-realização e de mais nada. Essas coisas que tanto sonhamos virão se o nosso esforço valer a pena. Mas a felicidade é um sentimento maravilhoso que somente virá se nós estivermos em sintonia com nós mesmos. Agora eu te pergunto: "do que você precisa para ser feliz?". A minha reposta é que eu preciso sorrir todos os dias e agradecer por estar aqui, aproveitar ao máximo o que a vida me oferecer e compreender que só depende de mim para que a felicidade penetre em minha vida, em minha existencia.

8 de jan de 2009

"Trabalhamos, compramos, vendemos e construímos relações sociais; discorremos sobre política, economia e ciências, mas no fundo somos meninos brincando no teatro da existência, sem poder de alcançar sua complexidade. Escrevemos milhões de livros e os armazenamos em imensas bibliotecas, mas somos apenas crianças. Não sabemos quase nada sobre o que somos. Somos bilhões de meninos que, por décadas a fio, brincam neste deslumbrante planeta."
CURY, Augusto. O vendedor de sonhos. pg. 30.